Aprenda a dançar

5 Sinais de que Você não Está Aprendendo Dançar como Deveria

5 Sinais de que Você não esta Aprendendo Dançar como Deveria

Salam belly linda ou belly lindo🤗! Você sabia que tem muita gente fazendo aula de dança do ventre a um tempão e sente que não está aprendendo?

E pior, a maioria só percebe mesmo depois de muitos anos, ai se sente frustrado por ter perdido tempo e dinheiro, investindo em algo que não lhe trouxe resultados.

E como essa é uma queixa bastante comum aqui no BM,  resolvi falar sobre o tema , abordando 5 Sinais de que Você não Está Aprendendo Dançar como Deveria.

Vale destacar,que o assunto é bem denso e extenso, então, resolvi abordar apenas 5 dos muitos sinais identificados por quem passou por esse problema.

E para me ajudar nessa missão, contei com o auxilio da bailarina Priscilla Ramos que sempre trocou ideias comigo sobre esse assunto e vai compartilhar um pouco da experiência dela com você também. Então, vamos lá!!!

  • O Tempo que Você tem Fazendo Aula não Corresponde ao seu Desempenho

Muitas praticantes de dança do ventre se queixam do sentimento de que não estão aprendendo ou se desenvolvendo como gostariam, e talvez não estejam mesmo.

Conheço inclusive casos de pessoas que já estão a mais de cinco anos fazendo aulas e não tem domínio se quer dos movimentos considerados básicos.

Lógico que, inúmeros fatores podem contribuir com esse fenômeno negativo principalmente em casos individuais, por tanto, não temos como apontar culpados.

Mas,  quando o problema afeta bem dizer maioria das alunas de determinada professora ou escola fica bem evidente que tem algo grave ocorrendo no processo de ensino aprendizagem.

Logo, se em um ano de aula a aluna não consegue compreender os contextos básicos da arte, e nem trabalhar sequências simples de três tempos, tem muita coisa estranha ai.

A verdade é que, embora seja impossível aprender tudo de dança do ventre em 5 anos, pois esta é uma arte de aprendizado eterno, você tem que ficar atenta a sua produtividade.

E acredite, em 5 anos é perfeitamente possível já ter um domínio da arte que te possibilite dançar sem passar vexame, principalmente se você for uma aluna dedicada aos estudos e tenha uma boa orientação.

E se você já tem mais de dois anos fazendo aulas semanais, mas sente que não sabe nada, avalie quais as causas, e procure solucionar o quanto antes, para minimizar seus prejuízos.

  • Suas Aulas Nunca Saem da mesmice, Não Evoluem sendo Extremamente Repetitivas.

 

Preste atenção a dinâmica e gerenciamento do conteúdo proposto em sala de aula e do seu tempo de execução. Em outras palavras, se estiverem te ensinado coisa demais, sem você ter um tempo hábil para assimilação, você está sendo prejudicada.

O mesmo ocorre se te ensinam pouca coisa ou quase nada, em muito tempo de ensino.

É certo que o tempo de aprendizado varia de pessoa para pessoa, e também de metodologia para metodologia, mas alguns professores exageram na mesmice, muitas vezes por falta de planejamento didático, ou falta do já falado gerenciamento da turma.

Assim, vão te cozinhando em banho Maria, e você fica treinando anos a fio sempre com as mesmas músicas, as mesmas sequências e coreografias, sem evoluir.

Veja um exemplo abaixo com a experiência da  Priscilla Ramos:

Na época em que comecei, eu não tinha uma noção exata da arte belly dance, tudo eu achava super correto nas aulas.

Dessa forma, eu não me atentava a certos detalhes como: As aulas demasiadamente repetitivas, sempre com as mesmas músicas e as mesmas coreografias.

Quando eu pensava que a coisa ia para frente, acontecia algo ou a turma se desfazia, muitas faltavam ou desistiam, e ai começava uma turma nova e eu para não parar, recomeçava sempre.

Voltava à estaca zero, sem evoluir nem se quer dentro do básico que eu achava que já havia aprendido.E eu só fui perceber que não estava aprendendo como deveria quando participei de um workshop em Franca com a Andrea Gaia.

Para minha surpresa, fiquei perdidinha, não dei conta de fazer nada, tudo que eu fazia estava errado, ela tinha que ficar parando o workshop para ficar me corrigindo.

Sim,eu passei vergonha. Sai de lá arrasada porque eu achava que sabia muita coisa pelo tempo de aula que eu tinha, cheguei até pensar que eu era de nível avançado, mas na verdade, minha dança era uma ilusão.

  • Suas Aulas se Resumem Somente a Ensaios de Coreografias para Shows e Espetáculos

Ensaios para espetáculos e shows são parte importantíssima dentro do processo de aprendizado, pois, você tem a oportunidade de exercitar diversas habilidades.

O problema, é quando esses ensaios se tornam suas aulas efetivas. O que não é de todo ruim, mas pode ser péssimo dependendo da maneira como é direcionado.

Assim, você não aprende como deveria se não existe um direcionamento de estudos dentro da coreografia proposta nesses ensaios.

Ou seja, não existe algo a mais dentro desses ensaios que te aprofunde em conhecimentos e amplie tuas possibilidades de compreensão do que está sendo aplicado.

Até porque, aprender superficialmente uma coreografia, e decorar sequências de passos ajuda bastante, mas não são suficientes para aprender dançar de fato, é preciso se aprofundar.

Leia Também Coreografia na Dança como Aprender com ela

O que estou querendo dizer é que existem professores e alunos que focam em espetáculos e apresentações de tal maneira que o mais importante passar a ser decorar a coreografia para o dia X do que aprender dançar genuinamente.

Então, se sua aula é do tipo que a professora fica na frente explicando a coreografia e você atrás tentando copiar e decorar sem nem ao menos saber a origem dos movimentos, o significado de tudo aquilo ou os treinos técnicos apropriados, você não está aprendendo como deveria.

Você tem que entender o que está fazendo, saber usar isso na sua dança, trabalhando sua independência, e não se tornar um marionete coreográfica.

Se suas aulas se dão somente  por meio de decorar coreografias você está sendo intensamente condicionada á cópias de movimentos pré determinados que serão esquecidos assim, que o espetáculo acabar, ou seja, esqueceu não sabe mais dançar.

 

  • Não Existe Frequência de Correções ou Avaliações do seu Desempenho.

 

Se você faz aulas e não recebe feedbacks periódicos do seu desenvolvimento, você não está aprendendo como deveria. Ser avaliado e também corrigido pelo seu professor é fundamental para que você tenha noção do que e como está aprendendo.

Para saber mais sobre esse assunto leia também:

Como Avaliar seus Alunos de Dança do Ventre

Você se Ofende Quando sua Professora Lhe Corrige?

 

  • Sua Professora é Acomodada e não Tem Interesse em se Aperfeiçoar

 

Fique atenta a estes sinal, pois geralmente o professor que para de aprender também para de ensinar de maneira satisfatória.

Saiba que a arte da Dança do Ventre é viva e se molda historicamente, temos tendências, avanços técnicos na execução de movimentos, e os mais diversos estilos que permeiam as performances nos palcos mundo afora.

Enfim, temos um mundo de transformações acontecendo dentro dessa arte o tempo inteiro, por tanto, o comodismo pode retardar aprendizados e deixar você desatualizado do cenário belly dance atual.

Um bom exemplo disso é que,  muita gente que começou a fazer aulas e ensinar no tempo da novela o clone, ainda usa como referência de estética de dança a performance da Jade ou da Shakira, não que estas divas tenham dançado ruim ou errado, o fato é que a qualidade técnica na atualidade é bem superior, e é sempre bom que saibamos diferenciar.

Então, a dica final nesse sentido é , fuja de professoras que acham que não precisam mais aprender, que acham que já sabem de tudo,afinal, o bom professor se atualiza sempre.

 

Bom, por hoje vou ficando por aqui,lembrando que estes foram somente alguns pontos identificados pelas vivências e experiências de muitas leitoras do Belly Maníacas, se você tem um ponto importante a destacar é só deixar nos comentários aqui no blog que responderei com todo carinho.

Aproveito também para agradecer de 💛 a minha amiga Priscilla Ramos, bailarina linda  que inspirou e  colaborou bastante com esse post.

Belly beijos👄 e até a próxima belly aventura.

Leave a reply