Danças Árabes

A cidade do Folclore Árabe no Brasil

Muita gente não sabe mas no  norte do Brasil existe uma cidade onde o Folclore  Árabe reina absoluto desde a década de 80, se estabelecendo nos  dias atuais como uma arte cuja presença é  bastante solicitada  nos palcos de grandes festivais regionais.

Isto se dá graças a existência de grupos de danças que arrebatam  os corações de pessoas de todas as idades para o maravilhoso universo das danças do Médio Oriente. Mas que cidade é essa?

Estamos falando da cidade de Manaus que abriga um oásis de talentosos grupos dedicados a danças árabes  e suas vertentes a mais de 30 anos . São grupos espalhados por toda a cidade que reúnem jovens, adultos e até mesmo crianças  em um verdadeiro trabalho social, uma vez que funcionam totalmente sem fins lucrativos.


Graças ao trabalho magnifico apresentado por  estes grupos a Dança Árabe Folclórica possui um status privilegiado nos festivais de danças regionais, sendo apresentada juntamente com quadrilhas, cirandas e demais danças tipicas do Amazonas em uma verdadeira fusão cultural.

Além disso foram criados festivais e competições locais onde para ter acesso os grupos de danças árabes  passam por uma triagem mista  de verificação de qualidade técnica e performática, juntamente com demais danças regionais. Nessas triagens os grupos de Danças árabes comumente  se destacam alcançando a classificação, além de serem uma das modalidades mais aguardada  pelo publico .

 

Para saber mais sobre os grupos de Danças Árabes  da Cidade de Manaus Clique Aqui

 

Nas apresentações feitas geralmente em palco a céu aberto, é possível vislumbrar toda beleza e encanto das Danças Árabes em um verdadeiro espetáculo sincrônico sendo executado por 30 dançarinos  ao mesmo tempo ou muito mais dependendo do tamanho do grupo.  Muitos grupos  costumam abranger três fileiras contendo  de 12 a 16 pares em cada.

É necessário  destacar que Manaus é o maior pólo de Dança Árabe Folclórica  masculina do Brasil, pode-se afirmar acertadamente devido ao enorme  quantitativo  de homens praticantes desta arte  na cidade.  Em  Manaus acontece uma situação inversa a do restante do país, a maior dificuldade para se montar um grupo na cidade é encontrar mulheres para dançar.

Outro fator que precisa ser evidenciado é que infelizmente devido  a falta de recursos muitos destes grupos não tem a oportunidade de participar de festivais nacionais com frequência o que é um entrave para a divulgação desse majestoso trabalho executado no norte do país.

Alguns grupos até  chegaram a viajar nas décadas de 80 e 90  inclusive recebendo premiações, mas o fato é que somente a pouco tempo Manaus vem  adquirindo  notoriedade no cenário nacional. Hoje já se tem grupos bastante conhecidos como  o El Funoun e Alkarak .

Tem-se também duas bailarinas da região norte  bastante conhecidas no Brasil que  iniciaram sua trajetória na Dança do Ventre neste grupos ainda na década de 90, são elas: Adriana Amazonas e Maíse Ribeiro.

folclore arabe

Para quem de fato ama o Folclore Árabe Manaus oferece um oportunidade e tanto para conhecer as diversas vertentes tradicionais e modernas dessa arte como por exemplo: Dabke Palestino, Dabke Libanês, Dabke Sirio e até estilos criado em Manaus como o Folclore Árabe Estilizado.

Certamente ter a oportunidade de prestigiar  um grupo de Manaus ao vivo é uma das experiências mais emocionantes que você estudioso dessa arte pode ter. No dia que você quiser sentir o chão tremer com o esplendor do folclore árabe, fique frente a frente com um grupo do Amazonas, você  verá nitidamente o amor, dedicação e todo profissionalismo envolto  em performances que por décadas vem  encantando  o  norte do Brasil.


Texto de Aziza Zayn

Colaboração- Moandro Vieira (Bailarino e Coreógrafo) – Hassan Zayn (Bailarino e Coreógrafo)

Fotos cedidas- Festival de Danças Internacionais do Beco do Macedo- Manaus -AM- Léa Vasconcelos

Leave a reply