Publicações

Belly Samba a mistura de Dança do Ventre com Samba

Você já ouviu falar de Belly Samba? Se a resposta for não, está na hora de você conhecer essa fusão fantástica que faz a alegria não só de bailarinas  brasileiras como também de diversas bailarinas e escolas de dança ao redor do mundo.

Mas afinal o que é belly samba? O belly samba é a união do samba com a dança do ventre, ou como já dizia compadre Washington, ” é a mistura do Brasil com o Egito, tem que ter charme para dançar bonito”.

É notável que  charme nessas duas modalidades de culturas distantes é o que não falta, ou seja, essa mesclagem com certeza é interessante, bonita e muito divertida.

Há quem diga que não é nada fácil fusionar esses dois tipos de dança. Essa mistura  pode ser um  verdeiro desafio para o corpo já que os samba não é tão simples e a dança do ventre também não, mas, a boa noticia é que é perfeitamente possível e altamente apaixonante principalmente para quem ama a modalidade derbake.

A parte mais fácil mesmo é quando se trata da percepção de batidas e ritmos principalmente para brasileiras de samba no pé e DV nos quadris pois nossos ouvidos reconhecem de imediato o som da nossa nação sabendo exatamente em que momentos e como mesclar o samba.

Sem contar a parte de acessórios e roupas usadas para fazer uma apresentação de belly samba já que  as diferenças não são tão grandes assim e muitos itens são semelhantes.

Basta usar seu figurino tradicional de dança do ventre tirar a saia longa colocar uma mini ou um shortinho e yalah você está pronta.

Nessa história de semelhanças de figurinos não saberíamos dizer quem copiou quem, mas se fosse para apostar talvez tenha sido o Brasil, mas o importante é dá super certo.

 

 

O fato é que a prática de fusionar a dança do ventre com outros estilos de dança é bastante comum, mas o diferencial  do  belly samba está no seu teor sazonal, como se fosse algo criado a parte, para entreter, divertir as aulas e até oportunizar performances diferentes para diversos eventos principalmente nessa  época do ano.

Outro fato curioso é que a fusão não ocorre somente na dança, mas  também na música. Existe alguns instrumentos percussivos na música árabe como o derbake e o pandeiro (daff) que se fundem muito bem com a percussão usada no samba.

Assim, alguns músicos atentos a essa maravilha acrescentaram essa fusão de ritmos  em suas composições, sem anular as características do samba mostrando que a arte é também capaz de ultrapassar fronteiras culturais harmonizando o que cada uma tem de melhor!

Clique nos links e ouça algumas dessas músicas;

Samba Oriental I

Derbake Samba

Na rotina da dança do ventre percebemos que algumas composições de músicas orientais podem possuir essa fusão de  forma discreta mostrando o samba apenas em um pequeno  trecho dentro da música o que já é suficiente para fazer o coração das dançarinas do ventre brasileiras acelerar e os das gringas interessar-se em aprender a arte de sambar.

Já ouvi falar de casos de passistas e rainhas de bateria que praticam  aulas de  da dança do ventre como forma de soltar o quadril e desfilar na avenida com movimentos  para lá de elaborados, não sei até onde isso é verdade.

Mas sei de uma estudante de dança do ventre a Kamila Reis que este ano vai estar na avenida brilhando e arrasando como rainha da Escola Arranco do Engenho de Dentro e como Musa da Porto da Pedra no Rio de Janeiro.

Confira alguns trechos das aulas  dessa linda belly sambista no vídeo abaixo.

Na avenida além da belly dancer Kamila Reis  , teremos outras bailarinas que vão desfilar seus quadris  como por exemplo a Bailarina Najwa Zaidan que fará parte da comissão de frente da escola Unidos da Vila Maria (SP).

E assim como elas diversas outras estarão vivendo o mês do belly samba com muita felicidade seja nas escolas de dança do ventre ou nas escolas de samba, tanto na avenida quanto nos palcos abrindo alas para diversidade de artes culturais em sua vidas.

E você   já dançou o belly samba? Vai dançar bonito o seu quadril em qual escola este ano? Conta aí nos comentários, a gente adora saber o que vocês andam aprontando.

Beijos e até a próxma belly aventura!

 

Contato Camila Reis Clique Aqui

Foto no topo- Dançarina do Ventre Sadie Marquardt