Decoração e culinária

Os segredos do legítimo café turco

Você sabia que o café turco é um dos mais famosos do mundo? Sabia também que foi listado  pela UNESCO como patrimônio cultural imaterial da Turquia? É minha gente o mundo rendeu-se aos segredos da arte turca de fazer café.

Confesso que nunca experimentei essa joia dos emirados em forma de bebida, mas os amantes do bom café garantem que é uma experiência inesquecível. Existe inclusive um provérbio turco que diz:

cafe turco

 

“O café deve ser preto como o inferno, forte como a morte, e doce como o amor.” 

 

 

A julgar pela forma com que é feito seria meio que o inferno mesmo pra mim (hehehe), não sei se conseguiria toma-lo já que a textura  é bem espessa e não coado, sem contar que o mais perto que chego de café é via nescafé solúvel, ou seja, meu paladar nem sabe o que é café de verdade.

Há quem diga que o café turco  é um paraíso depois que se acostuma a ponto de os outros tipos de preparação de café se tornarem intragáveis como se não tivesse  a essência real da pura cafeina.

Como foi que tudo começou?

Historiadores afirmam que  café chegou na Turquia no início do século 16 onde os turcos elaboraram sua propria forma de faze-lo, não  é a toa que essa bebida na Turquia é cercada de diferenciais que a tornam distinta das demais culturas é um tipo de preparo que até os dias de hoje segue conforme as tradições.

cafe turco

O Segredo do Café Turco

O segredo está no método  método turco , ou seja, no modo de preparação do café que se globalizou e hoje é feito na Europa Oriental, nas ilhas da Indonésia, África do Norte e até Brasil.

Tem gente que diz inclusive que o café turco foi a primeira versão do café expresso.

O diferencial do café turco em relação ao café egípcio, café libanês, e café sírio está  no método de preparo e na apresentação  que segundo os orientais são fundamentais para determinar o sabor.

café turco (2)

Tradicionalmente o legítimo café turco é servido em lindas xícaras com suportes ornamentados que são um espetáculo a parte, sem contar o charme da  panelinha especial usada para ferver o café sobre brasas  conhecida como Ibriq ou Ibrik, que são geralmente feitas  de cobre.  Para o arremate final serve-se com  cubos de açúcar e refinadas sobremesas árabes.

95893417

Algumas Diferenças

Uma diferença entre o café árabe (qahwa) e café turco é que o primeiro é preparado com grão moído em espessura mais grossa sendo adicionados algumas especiarias, como cardamomo,anis estrelado ou canela, já no café turco os grãos são torrados e  moídos de maneira que fiquem mais finos quase que em consistência  de pó bem fininho.

No Líbano, o café é preparado colocando primeiro a água para fever sozinha e depois  adicionam o açúcar misturando até dissolver e só então acrescentam o pó, parece um pouco com o modo brasileiro de preparar. Já no café turco pelo que entendi (me corrijam se estiver errada) o pó, o  açúcar e a água fria são misturados antes de serem levados ao fogo, lembrando que sempre fogo baixo.

O Café  tem um importante  papel social na Turquia

O café em si é um forte simbolo de sociabilização na Turquia, é usado para expressar  hospitalidade, amizade, além de servir de  entretenimento sendo um companheiro e tanto nas  conversas e reuniões familiares. Aí eu proveito para deixar aqui um ditado turco que diz:

“Beber uma xícara de café juntos garante quarenta anos de amizade”.

O café turco também tem seu lado mistico influenciando inclusive nos casamentos veja nesse outro post. Agora me conta aí nos comentários, você já tomou café turco? Como foi a experiência? Deixe sua opinião, afinal é sua presença que torna esse blog mais divertido e apaixonante.

Abraços e até a próxima.

Referências>>> www.captivatingcappadocia.com —-  www.brewed-coffee.com—- Wikipédia 

Leave a reply