Aprenda a dançar

Como Evitar Lesões nos Joelhos

Pelo fato de a Dança do Ventre de maneira básica ser uma atividade bastante dócil com o corpo e de menor impacto, muitas bailarinas esquecem de dar a devida importância a técnica que estão aplicando em seus treinos.

Logo, no lugar de estarem fazendo bem a sua saúde, estão na verdade prejudicando suas articulações. E as consequências podem ser dolorosas correndo o sério risco de exterminar para sempre qualquer sonho de dançar.

Pode ter certeza que quando você não treina os movimentos de maneira adequada mais cedo ou mais tarde   suas articulações  vão sofrer.

Nesse sofrimento  os joelhos com certeza são os campeões de queixas seguido dos quadris e lombar quando se trata de lesões na dança do ventre.

Então se você quer saber como evitar estes transtornos e seguir com seus joelhos saudáveis e perfeitos na sua linda jornada com essa arte maravilhosa é só continuar lendo este artigo.

Aqui você vai aprender mais sobre:

  • Porque os Joelhos Precisam de Atenção Especial na Dança do Ventre?
  • Como Evitar Lesões nos Joelhos na Dança do Ventre?
  • O que fazer quando o joelhos já está doendo?

 

Como nesse post iremos dar atenção especial aos joelhos é interessante que você veja também o seguinte artigo:

 7 erros que causam lesões na dança do ventre.  No artigo citado você verá dicas mais gerais que com certeza contribuirão com sua saúde na dança.

Agora vamos aos joelhos:

Porque os Joelhos Precisam de Atenção Especial na Dança do Ventre?

Grande parte dos movimentos nesta arte necessitam da tração, rotação e alternância em diversas níveis e velocidades o que requer uma alta performance dessas articulações.

Por isso, nossos joelhos precisam de atenção especial, pois, embora este mesmos movimentos também sejam saudáveis pois renovam o líquido articular e melhoram as propriedades viscoelásticas dos joelhos, eles podem também causar desgastes principalmente em casos de sobrecarga mecânica ou lesões por movimentos repetitivos.

Como Evitar Lesões nos Joelhos na Dança do Ventre?

Prestando atenção nas Técnicas Aplicadas enquanto treina

Verifique se você esta executando corretamente a posição básica da dança do ventre que tem como mandamento principal o encaixe de quadril e a semi flexão dos joelhos.

A  semi flexão dos joelhos é fundamental, fuja de técnicas onde você tenha que usar o quadril  mantendo os joelhos esticados.

No mais trate seu corpo com o carinho e cuidado que ele merece, preste atenção na maneira que você executa os movimentos se estão tecnicamente corretos,  para não afetar negativamente a postura prejudicando seus joelhos.

Não gerando sobrecarga por Movimentos Repetitivos

Os joelhos   são dotado de um sistema anatômico bastante complexo e é esse sistema  que nos tornam capazes de agachar, subir escadas, andar , dançar, correr e etc

Mas esse espetacular sistema também necessita de descanso, note que os joelhos já bastante exigidos no dia a dia e com certeza são muito em atividade físicas de alto impacto  ou quando expostos a series de ações repetitivas.

Quando ensaiamos repetidamente um movimento que tenha o joelho como principal precisamos também dar um descanso a ele, em outras palavras, se hoje você treinou bastante o shimmie usando a técnica de alternância dos joelhos, dê uma pausa de pelo menos dois dias para treinar novamente.

Se possível inclua na sua rotina de treinos exercícios que se destinam ao fortalecimento de seus músculos de bases como por exemplo tornozelos, calcanhar, coxas e panturrilhas para que estes tenham mais aptidão para executar os movimentos exigidos na dança além de suportar melhor as fases de longos ensaios.

Estas partes do corpo estando mais fortes e flexíveis ajudam a descarregar menos peso  nos joelhos diminuindo consideravelmente o risco de lesões.

Protegendo em movimentos e Modalidades que exijam Impactos

É extremamente importante tomar alguns cuidados para proteger-se de  lesões que podem ter efeitos  dolorosos nos joelhos, ou em casos mais graves resultar em mesa de cirurgia.

Assim, nunca deixe de alongar, mas também procure fazer isso de forma correta sem exageros, antes e depois dos treinos. Inclua alongamento para toda a musculatura das pernas (panturrilha, coxa, parte posterior e interna da perna).

Bailarinas de Dabke podem ter a certeza de adquirirem pernas torneadas e um bom tônus muscular, mas devem ter atenção redobrada nos alongamentos  procurando também usar calçados específicos (tênis) que absorvam melhor o impacto durante os treinos.

O uso do sapato com saltinho tradicional dessa dança é mais ideal que seja usado so na hora da presentação e nos treinos em caso de adaptação  e não durante todo o treino.

Se vai treinar quedas, como queda turca por exemplo, que tem como apoio os joelhos procure usar colchonete ou joelheira para protege-los de machucados  devido a possíveis impactos no solo.

Se alimentando de nutrientes que influenciem na saúde das articulações

É muito importante incluir na sua rotina alimentar nutrientes que auxiliem no bom funcionamento das articulações, estimulando a produção de colágeno, fortalecendo ligamentos e tendões que  fazem parte da estrutura dos joelhos . Sendo assim os alimentos amigos dos joelhos são: nozes, amêndoas e castanhas, além de frutas cítricas e vegetais em tons verde escuro.

O que fazer quando o joelhos já está doendo?

Algumas bailarinas costumam se queixar de dor incomoda durante e após os ensaios, muitas vezes em forma de fisgadas.

Estes sintomas podem ser causados por inúmeros motivos o que você precisa ter em mente é que se você sente dor ou desconforto nos joelhos, NÃO PODE IGNORAR DE MANEIRA NENHUMA!

Logo, procure descobrir as causas (na maioria das vezes pode não ser os movimentos executados na dança, mas o modelo inapropriado de calçado usado no dia a dia que não oferece uma boa base de equilíbrio para o corpo).

No mais, Investigue em que momentos e em quais movimentos você sente maior desconforto e exponha para sua professora, certamente ela irá rever seu comportamento físico mediante tais movimentos, corrigindo assim possíveis erros técnicos e posturais.

E nunca esqueça que a inexistência ou execução incorreta de alongamentos, erros posturais, pisada incorreta, excesso de treino ao repetir exaustivamente determinando movimento causando assim um maior desgaste dos ligamentos do joelho e etc.

Se o problema persistir faça uma pausa,  visite o quanto antes um ortopedista  e volte para seus treinos somente após liberação médica.

No caso de necessidade de aliviar as dores recomenda-se compressas com gelo no local e massagens circulares com azeite de oliva devido ser um anti- inflamatório natural.

Por fim,vale  ressaltar que a obesidade tem o poder de reduzir e muito a vida útil dos joelhos, além de causar precocemente desgaste da cartilagem, osteoartrite e lesões nos ligamentos e meniscos, entre outros problemas, nessa situação os cuidados e a atenção com os joelhos  devem  ser dobrados na dança.

Para finalizar o artigo uma ultima e valiosa dica:

Muita cautela principalmente ao trabalhar movimentos  não naturais a sua anatomia, agindo com responsabilidade buscando sempre o acompanhamento de bons profissionais para que assim você possa desfrutar de todos os benefícios desta arte maravilhosa, por longos e longos anos com seus joelhos perfeitamente saudáveis.


Texto de: Aziza Zayn

Referência: melhorcomsaude.com

Leave a reply