Aprenda a dançar

Coreografia na Dança como aprender com ela

Salam habibes e habibas nossa conversa hoje é sobre algo sem a qual muita gente não dança , a famosa coreografia.

Muitas dançarinas costumam pensar que  a Coreografia na Dança não passa de um conjunto de sequencias de passos no ritmo da música  que precisam ser memorizados.

A grande verdade, é que além disso, a coreografia oferece um majestoso universo de possibilidades de aprendizado principalmente quando explorada mais profundamente.

Por esse motivo veremos aqui algumas dicas para você  que não tem  preguiça de estudar e sente prazer não só em mover o corpo com essa dança magnifica mas em desvenda-la cultural e tecnicamente.

Se você é do time das estudiosas, tem tudo  pra  fazer da coreografia  uma aliada e tanto nessa maravilhosa aventura que é aprender Dança do Ventre.

Então vamos as dicas:

Não seja do tipo que encara a coreografia superficialmente

O dançarino superficial é aquele que ao decorar os passos e sequencias  coreográficas pensa que o trabalho terminou.

Na verdade esse é apenas o processo inicial, ou seja, é a ponta do iceberg! O que tem mais no fundo são camadas e camadas a serem desvendadas.

Para tanto, nunca esqueça de uma coisa : Para que o real aprendizado ocorra decorar sequencias de passos coreográficos  não é suficiente,  é necessário entender e buscar a compreensão e a razão de ser destes passos, ou seja, são necessários  estudos para além da superfície.

Reflita e questione  a coreografia

Mas como assim? A resposta é simples, e ao mesmo tempo complexa, formule  indagações e busque  meios para responde-las.

Pesquise, estude, pergunte da professora, anote e treine, treine treine. No quadro abaixo você encontra as 7   questões básicas para se aprofundar na coreografia, são elas:

coreografia na danca

Essas questões básicas (você pode acrescentar mais) quando respondidas ajudam bastante, não só no conhecimento da dança que  se pretende apresentar mas também na ampliação do seu vocabulário de movimentos e na percepção rítmica da música árabe, além de, possibilitar um maior e melhor  conhecimento  acerca da  cultura representada.

Logo, ao conseguir responder estas questões  você vai crescendo em sabedoria técnica, teórica e prática.

Faça o teste, comece hoje a reservar uma hora da semana para responder estas questões   e você verá o quanto em um ano estará mais aprimorada na arte do que suas colegas que estudam superficialmente, e claro, lembre-se sempre : UMA COREOGRAFIA, INÚMERAS POSSIBILIDADES DE CONHECIMENTO.

CONHECER AS FASES DE ESTUDOS COREOGRÁFICOS

Supondo  que a coreografia já tenha sido devidamente montada pela sua professora, agora vem aquele ritual de passagem coreográfica.

Aulas semanais onde ela vai ensinar passo por passo, sequência por sequência e você terá de se esforçar bastante para aprender e não faltar nenhuma aula, mas saiba que não é só isso!

Embora muitas vezes ignoradas seja por professoras ou pelas próprias alunas existem outras fases que são de fundamental importância para uma performance limpa e harmônica.

Vamos a elas:

Coreografia na dança

Memorizar a coreografia

Sim, essa é  a segunda  das demais fases, você pode até aprender as sequencias nos momentos de aula, mas memorizar de fato é outra história, sendo assim, repita quantas vezes forem necessários  e não só na escola, mas em casa na rua, mentalmente, nos sonhos e onde mais puder.

De preferência ouça bastante a música, quanto mais você ouvir a música, mais conseguirá aplicar o movimento dentro do tempo correto. Quanto maior a intimidade auditiva com os ritmos, maior é a conexão com os movimentos.

 Limpeza Técnica

Coreografia devidamente memorizada? Muito bem, mas a festa não para por aí. Saiba que  cada  movimento executado tem seus detalhes e nem sempre são perceptíveis na fase de memorização.

Assim, invista na limpeza técnica  e não só dos quadris como maioria costuma fazer, mas também das posturas, poses,  braços, mãos e seus corretos posicionamentos.

Sem a devida atenção a limpeza dos detalhes os movimentos ficam sem moldura,  sem elegância e a credite na  falta desses elementos até  a sequencia  mais memorizada do mundo perde a beleza e o encanto.

 Trabalhar a fluência e ligação

Coreografia memorizada, movimentos limpos tecnicamente  agora é hora de deixar a dança fluída, é hora de ligar a sequencia de passos uma na outra   sem deixar que  ocorra a quebra harmônica.

Mas como assim? Não ter fluência ou não ligar as sequencias é fazer pausas desleixadas e   desnecessárias nas trocas de movimentos.

Isto é meio complicado explicar em texto mas é como você soltar o véu de qualquer jeito, sem que esse largar se emende com o movimento seguinte, isso da uma impressão de quebra, de insegurança.

Outro exemplo é quando você desce para um movimento de chão e na hora de se posicionar para subir, faz de qualquer jeito. Esta falta de fluência e ligação ocorre muito em modalidades com instrumentos como espada, candelabro, tacinha  e etc, interferindo  negativamente na estética da performance.

Aprimoramento expressivo

Agora é a vez da cereja do bolo a fase de aplicar seus sentimentos e sua emoção na coisa toda e é aí que realmente sua dança começa a tomar forma de arte com essência e não performance fria e meramente mecanizada.

É  hora de colocar seus sentimentos e emoções nos  movimentos outrora tecnicamente calculados  e libertar-se. Esse é o momento de fazer vir a tona toda sua capacidade de se expressar por meio deles.

Se você deseja  saber mais sobre expressividade na dança CLIQUE AQUI.

Então é isso , espero de coração que o post seja de utilidade pra você que dedicou um pouco do seu tempo para ler e fazer uma visita aqui nesse cantinho especial feito pra quem Ama Dança do Ventre.

Muito obrigada pela companhia e até a nossa  próxima belly aventura!

 

Referencia :queconceito.com.br

  • Glauce Gervazoni

    Muito bom, falou e disse, hoje vejo minhas coreografias passadas e encontro um monte de imperfeições que deveriam ter sido corrigidas, não importa se o publico percebe ou não, a gente percebe e sabe que pode fazer melhor. Obrigada!

  • Evileide Leal

    Grata pela informações, adorei!!! <3 :*

    • Shukran habiba, fico feliz que tenha gostado…obrigada por comentar!!!

  • Delane Lopes

    Melhor site!

    • Oh Delane assim vc me deixa emocionada!!! haha muito obrigada, viu!!!