Aprenda a dançar

Como ter um corpo mais flexível

A partir de hoje bellyrina nunca mais fuja dos alongamentos antes e depois das aulas, pois este momento é primordial para a desafiadora missão de se ter um corpo flexível.

Confesso que eu era do tipo que  achava que isto não tinha muita importância nessa arte, mas com o tempo descobri  que  ter membros flexíveis é  vital não só no sentido de evitar lesões, mas também para habilitar o corpo e torna-lo capaz de executar dos  mais simples aos mais complexos movimentos de Dança do Ventre.

Além disso, um corpo flexível é sinônimo de mais vitalidade e bem- estar  contribuindo  de  inúmeras formas  não só para saúde na dança mas também no cotidiano.

di

Isto definitivamente seria impossível sem flexibilidade

Mas o que é essa tal flexibilidade física e como nos tornamos flexíveis?

Segundo o fisioterapeuta Souza Júnior, flexibilidade é ” a capacidade de aproveitar as possibilidades de movimentos articulares, os mais amplamente possível, em todas as direções“.

Outros especialistas apontam que é um dos elementos mais importante para manter a saúde do corpo, ao lado do condicionamento cardiovascular e treinamento de força, ajudando até mesmo na prevenção de artrites.

Não nos tornamos flexíveis da noite para o dia, esse é um trabalho que exige  dedicação. A coisa é um pouquinho mais complicada quando chegamos na fase adulta, pois as articulações tendem a ficar enrijecidas  ainda mais para quem tem uma rotina sedentária, como por exemplo pessoas que  trabalham horas e horas sentadas.

Mas nem tudo está perdido e existe exercícios fabulosamente simples que  além de retardar os efeitos  danosos do tempo no corpo ainda vão dar um UP na sua dança. Quer saber como? Pois veja as nossas dicas  abaixo:

1- Praticar Alongamento não só nas aulas

Um dos maiores erros que cometemos é achar que aquele alongamento de 10 minutos nas aulas são suficiente para aquisição de um corpo realmente maleável, mas a verdade é que embora ajude bastante, não aumentam potencialmente seu nível flexível.

O ideal é fazer do alongamento um habito, praticando  pelo menos dez minutos por dia, dando atenção aos principais grupos musculares: parte superior do corpo (braços, ombros e pescoço), costas e parte inferior do corpo (coxas, panturrilhas, tornozelos).

Comece a implantar na sua rotina os alongamentos de baixo impacto, nada de tentar fazer de primeira aquela abertura estilo VAN DAME, ou o cambret no estilo exorcista, tenha sempre respeito aos limites do seu corpo.

Só o fato de você alongar todos os dias ainda que basicamente  vai fazer uma diferença e tanto nas suas potencialidades flexíveis, o desempenho físico melhorará significativamente  contribuindo para que você se adapte melhor aos treinos em sala de aula.

2- Pratique a  posição cócoras

corpo flexivel

A maioria dos problemas de falta de mobilidade de quadril estão voltados para a falta de flexibilidade nessa região. Exercícios de agachamento fortalecem a musculatura pélvica e a posição de córcoras é uma das posições que mais propiciam uma maior flexibilidade nas articulações da região dos quadris e consequentemente uma definição mais aprimorada em seus movimentos., procure pratica-las algumas vezes ao dia e principalmente antes das aulas por no mínimo 40 segundos.

3- Inclua no Cardápio Alimentos que Propiciem a Flexibilidade corporal

Opte por alimentos que promovam a saúde das articulações e tenham propriedades anti inflamatórias. Especialistas costumam indicar para bailarinos abacaxi, alho, gengibre, sardinha, salmão e azeite de oliva.

Existe vários tipos de alongamentos  e a execução vai depender do sua habilitação física mas vou  deixar aqui alguns videos com alongamentos básicos, que são fáceis de compreender e que você pode praticar em vários momentos do dia .


O video abaixo do Doutor Myung é um dos meu preferidos, é possível entender bem como nosso corpo tem necessidade de alongar, e ele ainda te ensina a testar seu nível flexível.

Espero que o post tenha sido util, não esqueça de deixar nos comentários abaixo suas dicas para ter um corpo mais flexível. Abraços e até a próxima!

Post by- Aziza Zayn

Foto no topo: Bailarina  Lanara Pakhtashvili

  • Lis

    Preciso me alongar mais, sinto que estou ficando corcunda 🙁 me interesso pela dança como curiosa, mas seu blog é tão lindo que fui até pesquisar um lugar pra aprender aqui na minha cidade!

    Um beijo,

    Lis​ Silva Souza​

    Estilo pra Vida​ Real​​ | Youtube | | Twitter | Facebook

    • Salam, Lis! Muitissimo obrigada por sua visita, tomara que encontre logo um lugar para fazer aulas de dança do ventre , tenho certeza que não vai se arrepender. Bjs