Danças Árabes

Dança do Ventre com véu, uma arte fascinante

Compartilhe
Share on Facebook2.9kShare on Google+4Pin on Pinterest491Tweet about this on Twitter0

Uma das modalidades mais amadas por grande parte das bailarinas é sem duvida nenhuma a  dança do ventre  com véu!

Tanto amor não é atoa,  este elemento  além de efeitos visuais maravilhosos ainda acrescenta um toque de elegância, mistério e beleza a performance da dançarina como se fosse uma extensão da mesma, especialmente quando o véu baila  fluindo graciosamente  no ar em harmonia com a melodia  hipnotizando o publico, e  é exatamente por isso que ele é tão fascinante.

Existe muitas teorias acerca da origem do uso do véu na dança do ventre , alguns estudiosos dizem que não faz parte tradicionalmente da dança oriental e foi incluso por bailarinas ocidentais, já outros dizem que é possível encontrar pinturas e artes da época do antigo Egito fazendo relação ao uso do véu nas dança,[ sendo assim já faziam parte das performances dos povos do médio oriente embora fosse pouco usado pelas egípcias, e as libanesas o usassem de forma bastante simples sem todo aparato técnico que temos hoje.

Para todo caso se  realmente o ocidente originou essa modalidade, foi um tiro certeiro, que enriqueceu as simbologias da dança do ventre, tornando-se  uma forma de homenagear as mulheres  do médio oriente , muitas vezes enclausuradas por trás do véu  impedidas de  expressar sua liberdade.

Dessa forma a dança do ventre com véu configura a alma livre, poderosa e feminina que existe dentro de toda  mulher independente das amarras sociais ou culturais.

Falo isso porque o VÉU  além de ser reconhecido mundialmente como um forte simbolo da mulher árabe, é tido pela enfoque mistico da arte  da dança do ventre como elemento de liberdade onde seu retirar é o revelar da essência da mulher. Ao fluir com o ar  o véu passa a representar a  leveza e a delicadeza feminina, por esse motivo este acessório cênico é   constantemente atribuído   ao elemento ar.

Quando e como usar o véu?

veu

 

Nesta modalidade não se tem   regras rígidas, o segredo esta em brincar com o véu e fazer  dele seu parceiro de dança. Mas claro que se você quiser dominar melhor seu parceiro, existe diversas técnicas para criar efeitos e combinações deslumbrantes para que o véu  desenhe  as mais mirabolante formas no ar.

O momento para usar o véu vai depender  da intencionalidade da bailarina, é comum emprega-los na introdução de performances com músicas clássicas instrumentais,  onde a bailarina entra com véu e em determinado momento o solta com toda elegância e versatilidade.

As músicas clássicas geralmente possuem  teor suave  permitindo que os efeitos do véu sejam mais visíveis harmonizando-se  fluentemente com  os sons. No caso de músicas muito  rápidas e vigorosa  corre-se o risco de perder a fluência e consequentemente os majestosos efeitos visuais,  além da  performance ficar grosseira, ainda mais se não dominar corretamente as técnicas.

Qual tecido comprar?

véu

O tecido pode ser vual, organza, creep e Chiffon, profissionais indicam  a SEDA PONGE 5, pela fluência e transparência que não atrapalha a visão em movimentos mais elaborados. As cores também ficam a seu critério podendo ser estampados e lisos. Existe no mercado uma enorme variedade incluindo véus pintados artisticamente a mão e com efeitos tridimensionais. Muitas bailarinas preferem véus em tons arco-iris pela ampla possibilidade de combinações com as cores dos figurinos, outras não abrem mão do véu fogo pelo efeito vislumbrante de chamas no ar.

Qual o tamanho correto do véu?

veu- para- danca- do- ventre

Para iniciante é  importante que as medidas sejam adequadas uma vez que pequeno demais não surte o efeito visual esperado, e muito grande atrapalhe os movimentos principalmente quando se tem baixa estatura. Recomenda-se que o comprimento seja na medida dos seus braços abertos deixando sobrar em média mais três palmos de cada lado e para a altura, meça do nariz até o meio da canela. Tamanho  padrão é de: 2,20 X 1,40cm.

Como Lavar e Guardar o véu?

Em caso de véu de seda(EXIGE MAIORES CUIDADOS) lave com água fria usando produtos não abrasivos, indicamos sabão neutro diluível em água, enxague bastante para não deixar resíduos de sabão que podem danificar o véu e manchar, não deixe de molho e para finalizar pode usar amaciante em pequenas gotas tabém diluídas em água e sem torcer. Deixe que o véu seque na sombra. Não passe perfume em véu de seda isso estraga as fibras do tecido. Se você quer ver como lavar o véu na prática confere aqui nesse video.

Referencias: www.bdancer.comwww.amirasbelly.com

Bailarina nas fotos Principais: Anastasiya Nikolenko (Ucrânia)

  • Fiz uns meses de dança do ventre. Era incrível, tenho muita saudade! Com o véu era uma das minhas preferidas 🙂

    http://www.redbehavior.com

  • Aline Duwe

    Sou apaixonada por dança do ventre, morro de vontade de fazer. Tô só esperando sobrarem uns trocados. As danças com véu são as mais lindas, na minha opinião. <3

  • Luana Souza

    sempre achei dança do ventre tão linda *-* lá na minha escola teve uma apresentação um vez e eu fiquei fascinada <3
    beijos :*
    http://memorialices.blogspot.com.br/

  • Nilzete Moura

    Eu acho a dança do ventre tão sensual, tão linda. Sempre tive vontade de aprender, mas nunca coragem nem corpo pra ir procurar alguém… E o véu da todo um charme, como diria minha mãe. Já vi dançarinas que não usam e me parece que falta alguma coisa.

    http://www.viciosdevaneios.blogspot.com.br

  • Gaby Martins

    Olá Aziza, tudo bem?
    Que post maravilhoso! Eu gosto muito de assistir dança do ventre, apesar de não fazer isso com muita frequência. Acho lindo dançarinas que usam o véu, realça mais a beleza.
    Beijos :*
    http://midnight-skies.esy.es

  • Deborah Wolfgang

    Post mt completo! Nunca tinha parado pra pesquisar nada sobre dança do ventre nem sobre o véu usado na performance, mas gostei muito! Só queria saber quem é o autor dos quadros no início…

    • Salam Deborah, obrigada pela visita. O nome do autor aparece quando passa o mouse em cima da imagem, nesse caso é Fabio Fabi 1861. Beijos

  • Bianca Alexandre

    GENTE! QUE COISA MAIS LINDA…
    Admiro muito quem consegue dançar qualquer coisa porque nem o passinho mais simples eu consigo.
    Dança do ventre é realmente fascinante

    http://nadageek.blogspot.com.br/