Aprenda a dançar

Encaixe e Desencaixe de Quadril Facilitando os Movimentos

Costumo dizer para minhas amigas belly dance que aprender sobre encaixe e desencaixe de quadril  é requisito básico para quem vai iniciar os seus estudos de dança do ventre.

Falo isso porque em minha experiência pessoal só passei a compreender melhor a mobilidade do meu quadril depois que aprendi a encaixa-lo e desencaixa-lo, e foi essa compreensão  que me ajudou a   entender a dinâmica e efetividade de diversos movimentos dos mais simples aos mais complexos. Mas como será que isso funciona? Vamos Descobrir?

encaixe-e-desencaixe-de-quadril

Encaixe de Quadril e Sua Importância

O encaixe do quadril  não faz parte somente da Dança do Ventre é na verdade uma postura prévia adotada em diversas modalidades de dança desde o ballet, jazz, dança de salão e até mesmo no Yoga. Ter o quadril encaixado além de auxiliar na prevenção de lesões está diretamente ligado a correta postura, e na Dança do Ventre, funciona como garantia de uma base sólida e consistente para você poder ousar em seus movimentos.

  danca-do-ventre-quadril-encaixado-bellymaniacas

Vale ressaltar que quando se fala de encaixe de quadril na Dança do Ventre compreende-se também  a região pélvica, por isso, muitos costumam chamar o movimento de encaixe e desencaixe de quadril de contrações ou batidas pélvicas. O assoalho pélvico é um grupo de músculos do corpo que sustenta sua bexiga, intestinos e útero. Localizado entre suas  pernas, os músculos do assoalho pélvico têm um formato em arco e vão desde seu osso púbico na parte frontal até a base da coluna nas costas.

O encaixe do quadril consiste em posicioná-lo corretamente a partir da postura básica da Dança do Ventre , com uma leve contração pélvica para frente e para cima, na direção linear dos ombros, coluna, pescoço e pernas, de forma que sua coluna fique alongada e seus joelhos levemente flexionados, conferindo a você maior mobilidade e segurança em seus movimentos.

 encaixe-e-desencaixe-de-quadril

Compreender como se executa o encaixe e desencaixe de quadril auxilia a bailarina a adotar um conjunto de atitudes que preservarão a natureza anatômica do corpo feminino, aliviando lombalgias, dores cervicais e dores na cintura escapular. Ajuda a prevenir também a formação daquelas curvaturas nos pés.

 

Como funciona o encaixe e desencaixe de quadril?

ENCAIXADO: quando a cabeça do fêmur está encaixada na pelve;

DESENCAIXADO: quando a cabeça do fêmur não está encaixada na pelve.

O movimento de encaixe e desencaixe de quadril consiste em fazer um direcionamento isolando movimentos do tronco apontando o quadril para frente e para trás.

É importante que não haja nenhum movimento dos joelhos nesse momento para que não haja alteração com a altura do quadril também, pois se o quadril oscilar para cima e para baixo poderá modificar o movimento, ou ainda prejudicar a saúde da bailarina se não for executado corretamente.

É importante também nunca esquecer da semi-flexão dos joelhos, fator  primordial para alcançar o movimento correto, afinal, o posicionamento adequado dos quadris depende dessa estrutura.

Outro ponto  é não contrair os musculus do glúteo nesse movimento, muitas pessoas associam o encaixe do quadril com a contração muscular do glúteo, mas isso é errado nesse movimento, pois a contração vai travar o movimento ao invés de deixá-lo solto. É importante que o encaixe e desencaixe fique bem soltinho para que possamos trabalhar velocidade lenta, média e rápida.

Abaixo deixo pra vocês o video de como treino em casa o encaixe e desencaixe de quadril, espero que possa ajudar você nos seus treinos.

Observação–> Não esqueça de consultar sua professora antes de treinar com qualquer video do youtube. O video é apenas para exemplificação e se refere aos meu treinos pessoais. Vou ficando por aqui e não esquece de deixar seu comentário  no blog, afinal sua contribuição e participação são sempre muito bem vindos. Abraços, até a próxima.

Esse post teve a colaboração de— Tuane Rodrigues — Ediçao e Artes- Aziza Zayn (bellymaniacas)

Referências: Clinica Deckers

Geometria Corporal Expressiva

2 comments

Leave a reply