Inspire-se

Grávidas podem Fazer Dança do Ventre?

No momento em que a vida é  semeada em seu ventre, da-se inicio  aos  ciclos de evolução onde mensalmente a mulher se reconstrói na mais variadas dimensões. Ela já não é mais um ser só, toda a sua essência  se transforma para formar e posteriormente  receber nos braços o verdadeiro amor.

E nada melhor e mais emocionante que dançar o ventre  embalando seu bebê no útero,  fazendo- se sentir amado, querido, e muito aguardado. Algumas bailarinas afirmam, que é uma experiência incrível, um verdadeiro reencontro com sua essência feminina.

Mas, mesmo a Dança do Ventre sendo uma arte de pouquíssimas restrições  que oferece inúmeros benefícios para a saúde da mulher podendo ser praticada também na gravidez, alguns cuidados devem ser levados em consideração, como por exemplo:

Quando a Grávida é uma Dançarina Veterana

Se a mulher possui bastante tempo na dança, certamente  já tem o corpo acostumado com os movimentos da arte, e nisso é possível que sua região pélvica seja mais fortalecida e  a lombar mais flexível o que facilita a movimentação do corpo sem maiores problemas em todos os estágios gestacionais.

Ainda assim, é necessário ficar atenta e pegar muito leve durante os três primeiros meses evitando movimentos, bruscos na região pélvica,e também de queda e alto  impacto.

Além disso, no decorrer da gestação o corpo passará por transformações em sua estrutura, alterando seu processo respiratório, de percepção e equilíbrio. Em alguns casos, é necessário readequação dos treinos e movimentos.

Já para as grávidas que são iniciantes na arte

Um fato de fundamental importância é procurar uma professora que entenda as especificidades gestacionais, ou seja, que saiba trabalhar seu corpo de acordo com as exigências de um gravidez.

Uma boa professora, vai lhe orientar com segurança durante todo o processo, estando sempre atenta a sua condição e certamente fará uma seleção coreográfica de movimentos que não exijam demais  da região pélvica apostando nos movimentos circulares maiores e amplos na região dos quadris.

Mas, antes de procurar uma professora converse com seu médico e certifique-se que está tudo bem e que você pode praticar a Dança do Ventre.

 

gravidas podem fazer dança do Ventre

 

Após tomar todos os cuidados é só aproveitar  as maravilhas dessa dança linda que  diminui consideravelmente o stress uma vez que oferece o relaxamento psicológico e físico.

E por falar nisso, veja também alguns benefícios da Arte da Dança do Ventre na gravidez

Nessa atividade, diminui-se  a retenção de líquidos e o inchaço, além de manter ativo o sistema cardio respiratório trabalhando a oxigenação do corpo e melhorando a circulação sanguínea  por meio dos exercícios pertencentes a essa modalidade de dança.

Além disso, pode funcionar também como uma maravilhosa terapia não só para a mãe mas também  para o bebê. Acredita-se que a prática da dança do ventre na gravidez estabelece uma maior relação emocional entre mãe e bebê e que os bebês depois do terceiro mês são capazes de ouvir sons e  acalmar-se com ritmos harmônicos.

Se você quiser saber mais sobre, indico para leitura esta matéria da Super Interessante , que é muito boa  e fala inclusive que a mãe transmite emoções para o neném ainda no útero.  Tem também esse artigo da Revista Claúdia que fala da influencia rítmica no humor dos bebês durante a gestação.

 

mulher grávida

Bom, por hoje vou ficando por aqui, e deixo abaixo videos maravilhosos de lindas mulheres grávidas na Dança do ventre, obrigada pela companhia e até o próximo post.



Por Aziza Zayn

Foto do Topo by: Ekaterina Dashaeva

Foto via—>magic-soika.ru

Leave a reply