Inspire-se

Monique Vescovi Dança do Ventre com poesia, vivacidade e disciplina.

Uns aninhos atrás (2014) navegando pelo famoso Youtube, encontrei uma performance de Dança do Ventre que arrebatou meu coração.(foi essa aqui)

Imediatamente fui envolvida por àquela leitura disciplinada e ao mesmo tempo desenvolta e elegante de uma bailarina até então desconhecida para mim.

Pesquisando mais um pouco descobri que a dona daquele estilo que me encantou era a Monique Vescovi, uma jovem e talentosa praticante de Dança do Ventre de Garopaba Santa Catarina.

Logo, não demorou muito para que ela se tornasse minha referência de estudos e treinos, e posso dizer que ela foi uma peça importante para o meu desenvolvimento e reconhecimento da minha própria identidade na arte.

Hoje, estamos em 2017 e ela continua ocupando o topo da minha lista de estudos pessoais,(tá aqui um video de prova) e como me tornei fã de carteirinha acompanho de perto a evolução dessa moça, que pelo visto está caminhando rumo a profissionalização na arte belly dance.

Assim, Monique tem se destacado nas competições que participa na categoria amador, adquirindo experiência e auto lapidação para alçar vôos maiores. Veja abaixo algumas de suas conquistas competindo em solo.

 

 

Mercado Persa 2016 – Amador sub 21- (Primeiro Lugar)

Hathor festival 2014 2015 2017 –Amador-  (Primeiro Lugar)

LIBRAF 2016Amador- (Primeiro Lugar)

Árab festival 2013 e 2017– Amador- (Primeiro Lugar)

Harém em 2010 –Amador- (Primeiro Lugar)

 

Construindo aos poucos e com paciência uma trajetória de vitórias alcançadas com muito esforço, ela vem crescendo em capacitação e desempenho. Por isso, acredito que logo, logo a veremos no rol de profissionais do Brasil.

O que já era de se esperar né? Afinal, Monique Vescovi pertence ao jardim florido de talentos do Studio Mahari também de Garopaba Santa Catarina, sendo aluna de Vanessa Cembranel desde os 10 anos de idade.

Citada por Vanessa como aluna dedicada e comprometida Monique faz em algumas de suas performance competitivas leituras maravilhosas das coreografias de sua mestre belly dance.

Fica nítido o quanto a Vanessa oferece um ótimo arsenal coreográfico para Monique que coloca em cada sequência todo seu talento, potencial,  carisma e estilo próprio na interpretação.

É simplesmente apaixonante a forma como ela recheia majestosamente sua dança com poesia vivacidade e disciplina, agregando ao conjunto generosas doses de elegância e leveza.

Além disso, temos a postura maravilhosa talvez herdada da prática do ballet clássico em sua infância, o que confere a essa bailarina uma dança linda de ser ver, de se estudar e se inspirar.

E eu espero um dia ter a oportunidade de ver a arte belly dance desenhada ao vivo, frente a frente pelo talento da Monique, que dentre seus muitos exemplos técnicos maravilhosos me fez perceber também que é possível aprender e se inspirar com quem  está começando.

Bom, vou ficando por aqui!!! Forte abraço e até a próxima belly aventura.